Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa

__

Pessoas submetidas à prostituição, trabalho forçado, mendicância, retirada de órgãos: relatório constata que países da UE não estão conseguindo manter criminalidade organizada sob controle. O primeiro relatório sobre tráfico humano encomendado pela União Europeia apresentou “tendências alarmantes”, conforme revelou a comissária europeia para Assuntos Internos, Cecilia Malmström, à edição deste domingo do jornal Die Welt.

O estudo será apresentado oficialmente na segunda-feira em Bruxelas. Dele consta que o número oficial de vítimas dos traficantes cresceu 18% entre 2008 e 2010, passando de 6.309 para 9.528. Destas, 68% são mulheres, 17% homens, 12% meninas e 3% meninos.

abab

Mais de dois terços foram usados na prostituição, os demais explorados como mão-de-obra, forçados a mendigar e a cometer atos criminosos, ou mesmo tiveram seus órgãos retirados. A maior parte dos traficados (61%) veio de países da UE, sobretudo da Romênia e da Bulgária, seguidos pela África e América do Sul.

Mais próximo do que se pensa

Ao que tudo indica, os Estados-membros da UE não estão conseguindo manter sob controle o problema da criminalidade organizada, prossegue o relatório. Em contraposição ao crescente número de vítimas, cada vez menos traficantes são condenados. O volume de condenações caiu de 1.534 para 1.339 (-13%), no período examinado. Na Alemanha, a queda no total de condenações chegou a 15%, de 155 para 131.

A comissária Malmström declarou-se “muito decepcionada” pelo fato de “apenas poucos países haverem implementado a diretriz da UE contra o tráfico de pessoas”. Essa crítica também se dirige à Alemanha, que até agora não traduziu em leis nacionais as prescrições de Bruxelas.

O motivo é a falta de consenso entre os partidos da coalizão do governo (democrata-cristãos e liberais) quanto a uma legislação penal mais rigorosa. No total, apenas cinco dos 27 países-membros aplicaram integralmente a diretiva europeia.

“É difícil de imaginar que, em nossos livres e democráticos países da União Europeia, dezenas de milhares de pessoas tenham sua liberdade roubada, que sejam negociadas como mercadorias”, criticou Cecilia Malmström ao jornal alemão. “Mas essa é a triste verdade: o tráfico humano está por toda parte, à nossa volta, e mais perto do que pensamos.”

Deutsche Welle

Anúncios

26 Respostas to “Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa”

  1. Cristiane Rozicki Says:

    ” Em contraposição ao crescente número de vítimas, cada vez menos traficantes são condenados. ”

  2. Dilma Roussef: há uma única pergunta certa para fazer-lhe sobre o aborto! | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  3. Ministério da Saúde patrocinou vídeo em defesa do aborto. Ou: “Abortar, verbo intransitivo” | Objeto Dignidade Says:

    […]     Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  4. Vídeos imperdíveis (Dilma-PT) e a enrolação de ser ao mesmo tempo contra o aborto e favorável à sua legalização | Objeto Dignidade Says:

    […]     Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  5. Vídeos e textos sobre a legalização do aborto no Brasil | Objeto Dignidade Says:

    […]     Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  6. Falsidades em torno da questão do aborto | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  7. ESTATÍSTICAS DO ABORTO | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  8. Omissão, egos e enganação: a ajuda pró-vida para o avanço do abortismo no Brasil | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  9. Como age um governo na ilegalidade para aprovar “leis” homicidas – Dilma sancionou o PL 03/2013 – e “liberar” criminoso | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  10. O governo brasileiro e a falácia sobre aborto | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  11. O mito da medicina cubana e médicos cubanos no Brasil | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  12. MP abre investigação sobre condições de trabalho de médicos cubanos – direitos humanos | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  13. MP abre investigação sobre condições de trabalho de médicos cubanos – direitos humanos | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  14. Presidente do SIMEC diz que vaia não era para médicos cubanos – ação direta de inconstitucionalidade contra o Programa Mais Médicos | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  15. Quero entender: como podem sobrar 5000 médicos em Cuba? estudam para não trabalhar ou para sair de Cuba ? E a revalida do diploma? | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  16. Sem-terra formados em Cuba pedem importação de médicos | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  17. Sem-terra formados em Cuba pedem importação de médicos | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]

  18. Quais brasileiros estudam Medicina em Cuba? E por que o Governo Federal quer importar em massa médicos cubanos para o Brasil? | Objeto Dignidade Says:

    […] Relatório da UE: Cresce número de vítimas de tráfico de órgãos e tráfico humano na Europa […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: