China aprova lei anti-tráfico de órgãos

__

Caixa de transporte de órgãos
A China ainda não tem nenhuma legislação sobre transplantes.

A China deve emitir no próximo mês uma proibição das atividades comerciais envolvendo órgãos humanos e corpos de seres humanos, numa medida que visa tornar mais rígido o “mercado” de transplante de órgãos.

16/06/2011

As novas leis devem passar a valer no mês que vem, o que significará que cadáveres humanos só poderão ser doados para legítima pesquisa médica e terão de ser enterrados uma vez que a mesma tenha se completado. A China tem sido alvo de freqüentes acusações

dentro e fora do país sobre a existência de um crescente mercado negro de órgãos humanos, frequentemente retirados sem autorização de prisioneiros executados. Uma extensão da proibição, que requer o consentimento do doador dos órgãos, passou a valer no início deste mês de julho.

‘Turismo de transplante’

Recentemente, denúncias foram feitas relativas a um novo tipo de negócio na China. O  “turismo de transplante de emergência” aumentou ainda mais a lucratividade do tráfico de órgãos no país. Pacientes oriundos de países europeus, Japão e Coréia do Sul estariam indo para o país para realizar transplantes clandestinos. A falta de transparência envolvendo as execuções na China agrava o problema. As acusações de tráfico de órgãos na China não são recentes, tendo vindo de diversos grupos de direitos humanos nos últimos anos.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/story/2006/07/060716_chinaorgaos_crg.shtml

__

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: