Bahia terá núcleo de enfrentamento ao tráfico de pessoas e ao tráfico de órgãos

__

O secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão, participa, nesta quinta-feira (24), da inauguração do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Bahia (NETP-BA), ação que faz parte da Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Ministério da Justiça.

O núcleo da Bahia será o oitavo a ser criado no país e permitirá ao estado formar uma rede de prevenção e atenção às vítimas, contribuindo para facilitar a denúncia e, com isso, melhorar a investigação a esse tipo de crime. Em 2010, foram registradas 11 ocorrências de tráfico de pessoas na Bahia, envolvendo cerca de 40 pessoas. A maioria dos casos é de exploração sexual, mas também foram recebidas denúncias de trabalho escravo e de tráfico de órgãos.

O Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Bahia funcionará de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, na Rua Freire Vicente, nº 10 (próximo ao Teatro XVIII, no Pelourinho). O atendimento será realizado também pelo telefone (71) 3266-0131, pelo disque 100 (nacional), pelo disque 3235-0000 (estadual) ou pelo e-mail: netp@sjcdh.ba.gov.br.

Segundo a coordenadora do Núcleo, Márcia Leite Prudente, uma das ações a serem desenvolvidas é a interiorização das informações sobre tráfico de pessoas. A ideia é articular ações institucionais no estado e orientar moradores de cidades do interior para que eles saibam identificar o crime. “Os pontos mais frágeis são o Recôncavo Baiano e o oeste do estado”, revela Márcia.

 

Fonte: Ministério da Justiça
__
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: