Argumento Albedo: uma ideia para combater a mudança climática

____

Por Cláudia V. Viegas

Enquanto alguns cientistas afirmam que a camada de gelo que cobre o Oceano Ártico pode desaparecer por volta 2016 e enquanto sentimos a devastação bem perto dos nossos quintais – na semana passada, mais de 17 mil pessoas ficaram desabrigadas em Santa Catarina, devido a vendavais que atingiram o meio-oeste do Estado, sem contar vítimas e estragos em São Paulo e no Rio Grande do Sul – recebo um e-mail de resposta do professor Bruce Fleming, um tanto curiosa.

Dia desses entrei em uma discussão online, sempre e apenas como observadora, sobre a intrincada questão de meios alternativos para conter o aquecimento global, então encontrei a resposta do Dr. Fleming, PhD em Química da McGill University, em Montreal, Canadá, e consultor técnico da indústria de papel e celulose. Ela estava resumida em “AA”. Ele então pedia que quem quisesse mais detalhes entrasse em contato por e-mail para que explicasse melhor. Foi o que fiz imediatamente.

Alguns dias depois, veio o detalhamento. AA quer dizer Argumento Albedo. O que vem a ser? Passo então à transcrição da resposta do especialista: “Albedo refere-se à capacidade da Terra de refletir de volta ao espaço a luz solar. Claramente, o Albedo é muito maior no inverno, quando a neve está sobre o solo. Em muitas latitudes, a temperatura na primavera sobe rapidamente, uma vez que a neve se derrete devido à perda de Albedo. O dióxido de carbono por si mesmo não é um poluente, de fato ele acelera o crescimento das plantas. Elevados níveis de CO2 podem estimular o crescimento das lavouras e ajudar as nações subdesenvolvidas.

Contudo, o efeito estufa do CO2 é um grande problema. Se pudéssemos eliminar o efeito estufa pela reflexão de 1 a 2% de maior quantidade de luz de volta ao espaço, poderíamos continuar a produzir dióxido de carbono, continuar a usar carvão, e ainda assim não aquecer o planeta. Parece bom – como fazer isto? Com fumaça e espelhos? De fato, não são necessários espelhos. [Espelhos gigantes poderiam funcionar, mas são muito caros]. Todo ano, incêndios florestais ocorrem na Califórnia, a fumaça desses fogos espalha-se a noroeste, sobre uma ampla área, e persiste por semanas. Esta fumaça pode ser claramente vista do espaço como uma faixa bege contra a o marrom escuro ou o verde escuro do terreno em Oregon e Idaho. Esta fumaça da Califórnia não ajuda muito na questão do aquecimento global porque, embora reflita mais luz do sol durante o dia, à noite produz uma camada de partículas em um céu que de outra forma encontra-se claro, e isso mantém a Terra aquecida à noite. Tenho uma ideia melhor; precisamos produzir fumaça branca perto do Pólo Norte de maio a setembro. Precismos fazer fumaça na Antártica de novembro a fevereiro.

Há 24 horas de luz do dia nos pólos durante esses meses, e o efeito da camada de partículas não entra em ação. Chamo isto de ARGUMENTAÇÃO ALBEDO PELA FUMAÇA POLAR. A natureza química da fumaça e os melhores meios de propagá-la são detalhes que permanecem a serem trabalhados por químicos e engenheiros, mas agora é o conceito de Argumentação Albedo (AA) que estou tentando levar adiante face a uma considerável oposição. A fumaça polar é apenas minha tentativa de explicar como AA deveria ser atingida. Haverá outras formas de fazer isto. Mas os pólos têm especial importância; eles parecem estar sofrendo mais com o aquecimento global. Além disto, há uma vantagem política nos pólos: não há rebatedores que poderiam obstaculizar a crescente densidade de partículas no céu!”

Não faço julgamento de valor, apenas compartilho com os leitores as informações do professor Fleming.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: