Os juros bancários e a crise mundial

(…)

O Brasil é considerado o paraíso dos bancos, pois aqui cobram-se as maiores taxas de juros do planeta. Tal fato vem sendo suscitado por economistas e especialistas, e merece uma maior apreciação, especialmente por parte dos bancos públicos, que ao reduzirem suas taxas, inevitavelmente irão induzir os bancos privados a fazerem o mesmo, face a livre concorrência na prestação destes serviços.

Ademais, outra medida que se revela viável e necessária, é o imediato julgamento da ação direta de inconstitucionalidade nº. 2.316/2000 pelo Supremo Tribunal Federal. A referida ação tem por objeto a (in)constitucionalidade da Medida Provisória nº. 2.170/2001, a qual autorizou as instituições financeiras a cobrarem juros capitalizados, em outras palavras, a praticar o anatocismo (cobrança de juros sobre juros).

(…)

Leia no endereço:

http://www.espacovital.com.br/noticia_ler.php?id=14371

__

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: